4 exemplos criativos de ações de merchandising para se inspirar

4 exemplos criativos de ações de merchandising para se inspirar

Já explicamos aqui no blog o conceito de merchandising e como ele está diretamente ligado a um conjunto de ações voltadas para a rotatividade e exposição de produtos, tanto nos PDVs quanto fora deles.

Mas, e na prática, como ter boas ideias para elaborar uma boa estratégia de merchandising? Continue lendo o post e descubra!

Como o merchandising é aplicado no trade marketing?

Você deve saber que o propósito principal de toda estratégia de trade marketing é chamar a atenção do shopper, não é mesmo? Então, qualquer ação feita para influenciar o comportamento dele pode ser considerada um tipo de merchandising.

O merchandising realizado em PDVs é uma das principais estratégias que o time de trade da sua empresa precisa adotar para que os resultados sejam os melhores possíveis.

Tudo precisa ser bem pensado. Como o produto irá se destacar na gôndola e despertar algo a mais, além da vontade do consumidor de comprar? Que tipo de artifícios serão usados?

Por isso, criamos este post! Sabemos que é difícil ser criativo sempre, então, separamos 4 exemplos criativos de ações de merchandising de sucesso para você se inspirar. Confira!

1 – M&M’s World Store

O merchandising de sedução estratégica está ligado à criação de PDVs que atraiam a atenção do shopper o suficiente para que a decisão de compra dele seja influenciada. 

Esta estratégia tem mais a ver com toda a experiência envolvendo a marca do que com o posicionamento do produto em si.

A atratividade pode ser criada de diversas maneiras, como apostando no sensorial e criando experiências envolvendo aromas, gostos, sons, etc. Use a criatividade para pensar nos melhores ambientes, para que o shopper se sinta imerso nesta experiência.

Um exemplo é a loja-conceito da M&M’s  em Londres, a M&M’s World, maior loja de doces do mundo e a única da Europa. 

Lá, existem diversos estímulos para manter o shopper o maior tempo possível dentro da loja, como aromas de chocolate, cores vibrantes e gôndolas organizadas, sem chances de ocorrer uma ruptura, caixas de som tocando hits atuais… 

Além de não possuírem apenas chocolates sendo comercializados, mas camisetas, garrafas e bonés também. Os visitantes têm a possibilidade de tocar e experimentar tudo o que há na loja.

Viu só como diversos sentidos do shopper foram estimulados de uma vez?

2 – Coca-Cola Zero e a campanha “Faça o impossível possível”

Usando o slogan “Faça o impossível possível”, a empresa montou ilhas de PDV invertidas com diversos refrigerantes empilhados, sendo a base apenas uma latinha de Coca-Cola Zero.

Essa campanha elevou as vendas do produto em 13% no pdv onde foi realizada, provando a eficácia de ilhas com formatos criativos.

Podemos ver aqui um exemplo de Exibitécnica, um tipo de estratégia de merchandising que envolve a criação de conceitos visuais para expor o produto em um PDV. A ideia é chamar a atenção do cliente. 

Quer outros exemplos de como a Exibitécnica pode ser aplicada? Pense nas festas juninas e naqueles estandes em supermercados que parecem as próprias barraquinhas, com itens para preparar as comidas típicas. Ou as ações natalinas, em que produtos são empilhados no formato de árvore de Natal.

3 – C&A e a opinião dos consumidores

A C&A do Shopping Iguatemi, em São Paulo, realizou uma ação para melhorar as vendas dos Dias das Mães usando a opinião popular, em uma campanha no Facebook da loja em que o público poderia votar nas peças mais atrativas das coleções.

Um tempo depois, quando as pessoas iam até a loja, nos cabides em que as roupas se encontravam, foram colocados visores mostrando a quantidade de pessoas que curtiram a peça, influenciando na decisão da compra. E deu certo, as vendas foram alavancadas no período.

As pessoas são muito influenciadas por opiniões de terceiros, principalmente se forem outros consumidores de uma marca. Você pode pegar esta ideia da C&A e adaptar para outras finalidades. Que tal sinalizar os produtos mais vendidos no PDV ou destacar os itens favoritos dos clientes?

4 – A Nesquik e a amarelinha

Outro exemplo bastante criativo de uma ação de merchandising para PDVs foi o da Nesquik, que colocou um tapete de amarelinha de tamanho real na loja e que o final terminava em frente aos seus produtos. Assim, as crianças, que são o público-alvo, poderiam ficar brincando enquanto os pais faziam as suas compras.

Dessa maneira, tanto os pais quanto os filhos, que passariam pelo espaço de qualquer maneira, voltariam os olhos para a marca, fazendo com que a visibilidade e as vendas aumentassem.

É uma estratégia excelente para direcionar o seu shopper até a gôndola em que o produto se encontra. Existem diversas adaptações desta ideia, como pegadas de coelho pelo chão de toda a loja direcionando até onde estão os ovos de Páscoa.

Notas finais

Esperamos ter ajudado você com ideias para atrair a atenção do shopper.  E é importante possuir um bom time de trade marketing para elaborar ações estratégicas eficientes e colocar tudo em prática.

E a sua empresa? Conta com um time de trade que dará conta do recado? Caso a resposta seja negativa ou você esteja em dúvida, considere terceirizar esta atividade e contrate uma agência de trade especializada para te ajudar!

Autor: rafaello
Publicado há 3 anos

mail_outline
Assine a Newsletter e receba conteúdos exclusivos por e-mail

As pessoas também estão lendo...