5 dicas para montar campanhas motivacionais para funcionários

5 dicas para montar campanhas motivacionais para funcionários

Mesmo com todo o avanço tecnológico, em qualquer empresa, as pessoas são o seu maior ativo. Os funcionários não são números, nem funções, mas sim, pessoas. E precisam ser geridas como tal.

É nesse contexto, focando no que os colaboradores precisam e merecem, que vamos falar da importância das campanhas motivacionais ou de incentivo.

No Trade Marketing, elas são fundamentais para manter o time motivado e esse sentimento contribui para alavancar os resultados da empresa que o pratica.

Então vamos entender como elas funcionam?

O que são campanhas motivacionais

Campanhas motivacionais são ações promovidas com o objetivo de motivar e engajar equipes a aumentar a produtividade que, por conseguinte, pode aumentar as vendas.

Independente do tamanho do time, essas ações devem ser bem planejadas, executadas e acompanhadas. Uma ação bem feita é capaz de ajudar os colaboradores a superarem  momentos de crise econômica ou concorrência acirrada, diminuindo o efeito negativo nas vendas.

Alguns exemplos de campanhas motivacionais praticadas são:

Leia também: Qual impacto da sazonalidade em suas campanhas de Trade Marketing?

Focando no que os colaboradores precisam e merecem, que vamos falar da importância das campanhas motivacionais ou de incentivo. Saiba mais!

Dicas para criar campanhas motivacionais

Para estruturar uma campanha motivacional, é importante seguir algumas etapas que sejam elaboradas em conjunto e difundidas para todo o time. Uma empresa que monta uma campanha de sucesso, deve compreender bem seus colaboradores, para oferecer estímulos coerentes com o perfil e momento profissional e pessoal de cada um.

Trocar informações com outros setores da empresa, como jurídico, comercial, e RH, por exemplo, pode ser bem enriquecedor ao planejamento.

Uma campanha bem estruturada deve seguir, basicamente, as etapas de: planejamento, execução e mensuração. E para que ela tenha sucesso, vamos listar cinco dicas infalíveis:

1. Gestor como um líder

O gestor que age como um “chefe mandão” já não se sustenta mais. Ele precisa ser visto como fonte de inspiração para as pessoas ao seu redor, e não como aquele que os intimida.

Já foi a época em que os colaboradores recebiam e executavam ordens sem que tivessem voz. Cada vez mais, cada colaborador tem formas e canais para ser ouvido, tanto internamente, como fora da empresa.

Um colaborador insatisfeito, por exemplo, pode ir a público e denegrir a imagem da empresa, gerando uma crise grave para os diretores, e, em alguns casos reais que ocorreram e continuarão a ocorrer, a empresa pode fechar as portas.

Por isso, os gestores devem assumir uma postura de liderança, sempre mantendo um canal de comunicação aberto com a sua equipe. E não só com os funcionários que estão por “perto”, mas, também, com aqueles que trabalham nos PDVs.

Entender as necessidades de cada um e trabalhar para encontrar soluções, deixará a equipe mais engajada, motivada e feliz com o seu trabalho sendo reconhecido.

2. Metas realistas

Estabelecer metas realistas, passíveis de serem realizadas, deixa a equipe motivada, evitando desespero e frustração advindas de metas impossíveis. De nada adianta criar metas insustentáveis e deixar os colaboradores desestimulados por saberem que, mesmo fazendo de tudo, não alcançarão o objetivo.

Na hora do planejamento da campanha, o gestor deve ter sempre em mente que metas desafiadoras e realistas vão instigar a equipe a alcançá-la, sem gerar insatisfação.

Fazer uma pesquisa de mercado é uma ótima forma para chegar ao equilíbrio na hora de definir os objetivos, tanto individuais, como os coletivos.

3. Recompensas simbólicas

É muito importante que o colaborador saiba que seu esforço está sendo visto e apreciado. E não estamos falando só de remuneração em dinheiro, mas sim, de premiações simbólicas, que estimulem ainda mais as pessoas.

É claro que uma bonificação vai agradar o funcionário, mas elas sozinhas não são suficientes. Os gestores devem usar a criatividade na hora de demonstrar o reconhecimento de alguém ou do time. Para isso, saber as preferências, gostos e momento de vida de cada um, mostra ainda mais apreço.

Exemplos de premiações que estimulam ainda mais os funcionários são: vouchers, viagens, jantares, folgas extras, entre outros.  

4. Feedbacks constantes

Monitorar o andamento da campanha inclui medir, frequentemente, a satisfação dos colaboradores e deixar claro para cada um, onde seu trabalho está sendo bem feito  e os pontos a melhorar.

Através de constantes feedbacks, os gestores ouvem opiniões, sugestões, críticas e concedem aos funcionários o retorno sobre a atuação de cada um.

De acordo com as estatísticas da Officevibe, 4 em cada 10 trabalhadores se sentem desmotivados quando recebem pouco ou nenhum feedback e 82% dos funcionários valorizam o feedback positivo e negativo.

5. Incentivo ao desenvolvimento profissional e pessoal

Incentivar e oferecer as condições necessárias para a capacitação profissional dos colaboradores é uma maneira de incentivá-los. A empresa pode promover treinamentos e workshops para que seus funcionários acompanhem as mudanças do mercado e não fiquem para trás da concorrência.

Um diferencial é não focar apenas no âmbito profissional. Faz parte de uma campanha motivacional de sucesso, incentivar o desenvolvimento pessoal do funcionário. Isso pode ser feito através de treinamentos direcionados e personalizados, bem como orientações e mentorias focadas nas necessidades de cada um.

Não menos importante, é o fechamento das campanhas motivacionais. Para concluí-las com chave de ouro, organizar um evento que reúna todos os envolvido de um projeto, promove a troca de experiências e contribuir para a demonstração do reconhecimento coletivo.

Este evento de fechamento pode ser um café da manhã coletivo, um almoço, happy hour ou, dependendo do tamanho do projeto e da empresa, algo mais grandioso como coquetel ou show.

Focando no que os colaboradores precisam e merecem, que vamos falar da importância das campanhas motivacionais ou de incentivo. Saiba mais!

Notas finais

O que seria ideal que ficasse bem explicado neste post, e vale frisar, é que quando falamos de campanhas motivacionais, estamos falando de pessoas. E todo cuidado é pouco quando se trata de material humano.

As pessoas são motivadas por diferentes razões, ficam frustradas se não alcançam as metas determinadas e isso tudo influencia na estratégia implementada pela empresa.

Se não receberem atenção e reconhecimento, os funcionários podem performar mal e comprometer a estratégia do negócio e da campanha.   

E tudo isso é ainda mais importante quando se trata de equipes que trabalham em campo, distantes dos demais integrantes da empresa. Agora que você já sabe o valor da motivação dos funcionários, está na hora de colocar em prática!

Autor: rafaello
Publicado há 3 anos

mail_outline
Assine a Newsletter e receba conteúdos exclusivos por e-mail

As pessoas também estão lendo...